Búfalo (VENDIDOS)
  • Quantidade: 17
  • Peso Aprox.: 200
  • Sexo: Macho/Fêmea
80 Terneiras
  • Quantidade: 80
  • Peso Aprox.: 230
  • Sexo: Fêmea
120 vacas com cria ao pé
  • Quantidade: 120
  • Peso Aprox.: 0
  • Sexo: Fêmea
80 novilhas
  • Quantidade: 80
  • Peso Aprox.: 360
  • Sexo: Fêmea
40 ovelhas
  • Quantidade: 40
  • Peso Aprox.: 45
  • Sexo: Fêmea
28 Terneiros (as)
  • Quantidade: 28
  • Peso Aprox.: 170
  • Sexo: Macho/Fêmea
100 Vacas Prenhas
  • Quantidade: 100
  • Peso Aprox.: 0
  • Sexo: Fêmea
50 Boi
  • Quantidade: 50
  • Peso Aprox.: 350
  • Sexo: Macho
105 Novilhas
  • Quantidade: 105
  • Peso Aprox.: 250
  • Sexo: Fêmea

Propagação de mudas de capim beneficia mais de 100 pecuaristas familiares da região Central de Minas Gerais

Um trabalho de propagação de mudas de capim está obtendo bons resultados, com a geração de renda para agricultores familiares e a melhoria da alimentação do rebanho bovino, na região Central de Minas Gerais. Tudo começou há quatro anos, quando o técnico da Emater-MG, empresa vinculada à Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), em Cordisburgo, Ronaldo Teixeira da Rocha, participou de um treinamento na Embrapa Gado de Leite, em Coronel Pacheco.

Na ocasião, ele conheceu uma nova cultivar de capim elefante, a BRS Capiaçu, desenvolvida no centro de pesquisa. Como na região onde trabalha tem um grande número de agricultores familiares que investem na pecuária, principalmente a leiteira, o técnico da Emater-MG recebeu, como doação dos pesquisadores, alguns feixes de muda do capim para que os produtores fizessem a multiplicação em canteiros.

“Em Cordisburgo, a propagação começou com três produtores. Cada produtor que recebia gratuitamente as mudas para propagação se comprometia a fazer uma doação de mudas para outros pecuaristas da região”, explica o técnico da Emater-MG.

Hoje são cerca de 110 produtores, em 14 municípios da região, que plantam a cultivar. A área estimada com capineiras da Capiaçu passa de 70 hectares. De acordo com a Embrapa, o capim proporciona alta produção de forragem para o gado, na forma de silagem ou picado verde. Ele tem porte alto, acima de quatro metros, e se destaca pelo valor nutritivo.

“Ele tem um percentual de proteína maior e a produtividade mais elevada em relação a outros capins elefantes, com a presença de massa verde por um período maior”, detalha Rocha.